O IPSmart traz o que há de mais novo sobre CFTV, Redes IP , Axis, Huawei e muito mais!

Banner ebook
October 9, 2018

A importância do Vídeo monitoramento para instituições de ensino

A quantidade de projetos que podem ser desenvolvidos para redes de ensino são diversas e trazem principalmente segurança para quem os adquire.

Recentemente a Sillis lançou um Hotsite com um Kit de Monitoramento direcionado a projetos de instituições educacionais, e para aprofundarmos o assunto criamos este artigo detalhando e analisando o vídeo monitoramento como um diferencial competitivo na escolha de uma instituição de ensino, principalmente para escolas de ensino infantil e fundamental.

Um leque de possibilidades

Primeiramente, um projeto de vídeo monitoramento pode ser desenvolvido para diversas finalidades, sejam elas para fiscalização, para proteção e segurança, controle de acesso, contagem de pessoas e acompanhamento. Essas finalidades não são necessariamente exclusivas, ou seja, monitorar pode resultar em diversas vantagens, principalmente se os equipamentos escolhidos se interagem/integram entre si.

Quando o projeto é direcionado para uma rede de ensino, o equipamento como por exemplo, uma câmera IP, pode ser utilizado para o controle de acesso em uma portaria e para acompanhamento e fiscalização dos alunos pelos pais e responsáveis através de softwares que integram na nuvem e transmitem a mesma imagem mostrada na portaria para aplicativos restritos acessados para quem é permitido.

A quantidade de projetos que podem ser desenvolvidos especificamente para redes de ensino são diversas e trazem tecnologia, inovação e principalmente segurança para quem os adquire.

A Geração Y

A Geração Y é considerada principalmente pelos nascidos entre as décadas de 1980 e 1990 e hoje formam a grande parcela de pais e responsáveis de crianças que estão enquadradas na educação infantil e ensino fundamental.

Esta geração nasceu em meio a grandes avanços tecnológicos e as mudanças socioculturais trazidas por esta revolução. Justamente por isso, apresentam comportamentos diferenciados da geração anterior e demonstram maior preocupação com causas ambientais e sociais.

A forma com que a Geração Y lida com seus filhos também influencia no fator decisório da escolha de uma escola, onde novas preocupações surgem como diferenciais (ou até mesmo requisitos mínimos) para a decisão final.

Transparência, Participação e Comunicação

Retiramos alguns dados de uma pesquisa realizada em Agosto de 2017 pela ClassApp com 60 instituições de ensino privado e os resultados demonstram maior preocupação dos pais com o cuidado individual de cada aluno, veja os gráficos abaixo:

As informações acima demonstram maior preocupação dos pais e responsáveis em relacionamento, transparência e comunicação da rede de ensino. Sistemas de CFTV na nuvem – Disponibilidade e confiabilidade

Podemos relacionar os dados dos gráficos acima com as vantagens que um sistema CFTV na nuvem podem apresentar a uma instituição de ensino e consequentemente demonstrar esta análise como uma vantagem competitiva na escolha da escola adequada.

Um projeto de vídeo monitoramento adequado com equipamentos e softwares integrados na nuvem permitem criar acessos as imagens monitoradas em tempo real e disponibiliza-las a qualquer momento através de acessos via smartphone, computadores ou tablets, resultando em transparência na comunicação da instituição de ensino com a rotina dos pais e responsáveis da Geração Y.

Além disso, softwares de vídeo monitoramento na nuvem como o Genetec Stratocast, permitem armazenar o monitoramento por até 7 dias em ambiente seguro e criptografado, protegendo a integridade dos dados monitorados e disponibilizando acesso somente para quem é permitido.

Desta forma, pais ou responsáveis podem buscar e monitorar seus filhos de qualquer lugar, e principalmente garantir a segurança nos primeiros anos de vida da criança.

Referências:

<https://www.infoescola.com/sociedade/geracao-y/> Acesso em: 09 de Outubro de 2018.

<https://m.cbn.globoradio.globo.com/media/audio/175281/pesquisa-aponta-que-pais-buscam-priorizar-escolas-.htm> Acesso em: 09 de Outubro de 2018.